Wednesday, February 4, 2015

Je Suis Charlie?

No dia 7 de janeiro de 2015, doze pessoas foram assassinadas na redação do Charlie Hebdo, uma revista satírica. Caricaturistas que trabalham para a revista foram assassinados por atacantes muçulmanos. Estes atacantes já tinham ameaçado a revista controversa antes, por causa de imagens que mostram o religão islão em uma maneira ofensiva. Por causa deste incidente, agora há uma enorme discussão sobre liberdade de expressão. Algumas pessoas falam 'Eu sou Charlie' apoiam a revista e liberdade de expressão total. Outros falam que a revista é ofensiva e racista, e que os mortes foram provocadas. Eu apoio parcialmente esta visão.

A revista não é complemente inocente. A revista usa a liberdade de expressão para ofender religiões e figuras políticas. Eles acreditaram que a liberadade de expressão significa que eles podem falar o que querem sem consequências. Por outro lado, eu acredito em limites. Na França, areligão islã já é oprimida. O niqab e burka, roupas religiosas importantes do Islã, são priobidas. Muitas pessoas acreditam nos estereótipos negativos sobre os muçulmanos, e a revista tem alimentando esses estereótipos. Por causa disso, pessoas que não percebem que é uma revista satírica acham que é a verdade. Eu acho que esses típos de piadas precisam ser reservadas para pessoas que podem rir em vez de ficar ofendidas . Eu acredito que a revista pode sim publicar o que deseja desde que eles avisam o publico que contém conteudo sensitivo. A revista ainda vai ter a liberdade de expressão, mas vai ser limitada.

Eu não são Charlie, mas eu não sou os atacantes tampouco. Pode ser que tem um equilíbrio entre os dois argumentos?





3 comments:

  1. Eu gostei muito da sua postagem. Seu uso de informação básica sobre o assunto ao começo foi bem útil para introduzir seu perspectiva. Eu também, gostei de como você mostrou os dois lados do argumento em vez de só mostrar uma perspectiva. Eu não sabia que a ropa religiosa dos muçulmanos foi proibida na Francia. Me dava pensar mais sobre leberdade em geral, não só de expressão verbal.

    ReplyDelete
  2. Oi Clara!!

    Gostei do seu blog, mas um pergunta para você sobre como o debate mudou a sua opinião sobre Charlie Hebdo. Para mim, antes de pesquisar, eu não sabia se eu era Charlie, ou não. Mas agora eu não sou Charlie e não vou mudar a minha opinião. Eu acredito que todos nós temos o direito para nos expressar livremente. Mas não devemos insultar as opiniões dos outros. Esse imagem no google me levou de pensar como isso mudaria a vida de uma pessoa. http://static.boredpanda.com/blog/wp-content/uploads/2015/01/charlie-hebdo-shooting-tribute-illustrators-cartoonists-2.jpg Eu achei que isso era muito significativo e importante para a nossa vida. Concluindo, gostei muito do seu blog, e bom trabalho! :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu também queria te perguntar de como você tem um equilíbrio entre as dois lados do argumento. Você acha que a liberdade de expressão é importante na nossa sociedade? As criticas se deveriam de publicar? Eu apoio o argumento da Julie, de como a liberdade de expressão é o direito de cada humano no planeta, mas as criticas não deveriam de ser ditas. Tem que ter um aspecto moral quando publicar as charges, porque vão ter muitas pessoas que se poderiam ofender. Poderiam usar o termo que nos temos na escola: LARK (legal, appropiate, respectful, kind?). A revista deveria de pensar se a publicação é apropriado e respeitoso.

      Delete